eventos lide
almoço debate

"Diminuir desigualdades é o caminho mais curto para o desenvolvimento", defende Rubens Rizek

Secretário de governo do município de São Paulo participou de Almoço-Debate LIDE sobre a agenda da capital paulista para

os próximos quatro anos. Evento reuniu outros secretários e o vice-prefeito Ricardo Nunes.

Almoço Debate - 26-04-2021 (8).jpg

Rubens Rizek, Ricardo Nunes e Luiz Fernando Furlan, durante o Almoço-Debate LIDE

O secretário municipal de governo da cidade de São Paulo, Rubens Rizek, afirmou que a prioridade da atual administração municipal é reduzir as desigualdades sociais para promover o desenvolvimento. A fala ocorreu durante Almoço-Debate LIDE, nesta segunda-feira (26), sobre a agenda da capital paulista para os próximos quatro anos.

"Diminuir desigualdades é o caminho mais curto para o desenvolvimento. A história recente mostra isso. É muito importante reduzir em São Paulo e no Brasil", disse Rizek.

Segundo o secretário, o tamanho de São Paulo se equipara ao volume de problemas que precisam ser sanados. "Mas, hoje, temos uma cidade com saúde fiscal. Não é uma cidade quebrada. Estamos falando do motor econômico da América Latina, que tem uma concentração urbana com o potencial econômico impressionante, sem paralelo".

Rizek entende que a profissionalização da gestão pública, associada ao apoio da iniciativa privada, são fundamentais para o crescimento sustentável da cidade. "Temos um plano com 65 metas, dividas em seis eixos estratégicos, muito completo. E a dimensão social é ponto mais caro para esta gestão, que a trata como prioridade". 

Demanda da população

O secretário Municipal de Inovação e Tecnologia, Juan Quirós, disse que tem por objetivo ajudar na construção de uma sociedade digital, que está no plano de metas da gestão pública. Segundo ele, os moradores da capital paulista demandam investimentos nessas áreas, justamente para acompanhar a evolução globalizada.

"Temos um compromisso fundamental de integrar todas as secretarias e dar todo o apoio tecnológico, mas também temos de levar em consideração a essência da demanda da população. Hoje, por exemplo, temos mais de 500 programas e processos digitais que os munícipes podem acessar, sem filas", exemplificou.

Para o vice-prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes, a meta é retomar R$ 4 bilhões de investimentos assim que a pandemia do novo coronavírus seja neutralizada com a ampla imunização da população. "Hoje, é urgente a vacinação e milhares de profissionais disponíveis para responder rapidamente as ações", garantiu.

"A cidade tem conseguido manter a sua saúde financeira, mas vamos retornar os investimentos, com mais simplificação e desburocratização. Corredores para mobilidades, tecnologia são áreas prioritárias. Teremos ambiente 100% digital para empreendimentos, incluindo projetos ambientais", adiantou.

Desenvolvimento

O diretor-presidente da SP Negócios, Aloysio Nunes, disse também no Almoço-Debate LIDE que a agência visa facilitar a conexão entre as iniciativas público e privada para acelerar o desenvolvimento e aplicação de investimentos. "Mesmo grandes empresas precisam de alguém que pode facilitar os negócios", afirmou.

"Desenvolvimento sustentável, mobilidade urbana, conectividade, educação. Tudo isso pode resultar em colaboração da iniciativa privada com o poder público. Nossa missão é essa: reduzir distâncias. Nós buscamos parcerias para justamente diminuir desigualdades e para facilitar, já que a vida empresarial brasileira não é das mais tranquilas".

O Almoço-Debate LIDE aconteceu de maneira híbrida, respeitando todos os protocolos sanitários. A transmissão do evento ocorreu pelas plataformas do LIDE DIGITAL. O chairman do LIDE, Luiz Fernando Furlan, e o membro do Comitê de Gestão do LIDE, Roberto Giannetti da Fonseca, foram os mediadores do encontro. 

Comunicação LIDE