eventos lide
almoço debate

Democracia exige respeito entre partidos e entre Poderes, afirma Doria em Almoço-Debate LIDE

Governador João Doria em Almoço-Debate LIDE

O balanço das atividades ao longo deste ano e as perspectivas para 2020 pautaram a última edição do Almoço-Debate LIDE de 2019, que reuniu CEOS, presidentes e demais lideranças corporativas nesta sexta-feira, 6 de dezembro, no Hotel Grand Hyatt, na capital paulista. Comandado pelo chairman do LIDE, Luiz Fernando Furlan, o encontro promovido pelo LIDE – Grupo de Líderes Empresariais teve como expositor o governador do estado de São Paulo, João Doria. Rodrigo Garcia, vice-governador, e secretários estaduais do Executivo paulista também estiveram presentes.

 

O governador destacou a convicção liberal de sua administração. “Integramos o centro-democrático e a democracia exige respeito entre diferentes partidos e Poderes. Os extremos não constroem um país, os extremos trazem somente discórdia e conflito”, afirmou. Doria ressaltou que o estado de São Paulo lidera o crescimento econômico brasileiro, com um incremento esperado de 1,9%, segundo o Seade, “o dobro do registrado no PIB nacional”, pontuou.

 

“Fizemos missões comerciais, incluindo China, EUA e Europa, incluindo o Fórum Econômico Mundial de Davos, na Suíça. Todas as missões produziram resultados positivos”, comemorou Doria, que também abordou o acordo com a General Motors que manterá as fábricas da empresa no Estado e receberão R$ 10 bilhões de investimento até 2022.

 

O governador destacou que sua administração empreendeu esforços ao longo de 2019 para transformar São Paulo em um estado totalmente digital e que, a partir de 2 de janeiro, não haverá mais papel na gestão pública. Outra área citada no balanço feito por Doria foi a do turismo, que apresentou um incremento de 7% nas suas atividades, com a geração de 160 mil empregos neste setor em 2019.

 

Pesquisa – Os participantes responderam a 143º Índice LIDE-FGV de Clima Empresarial. Calculado pela Fundação Getulio Vargas (FGV) em parceria com o LIDE, é uma nota de 0 a 10, resultante de três componentes com o mesmo peso: governo, negócios e empregos. O índice de 7,1% desta edição teve aumento de 0,3 pontos percentuais comparado ao mês anterior.

 

Ante à pesquisa de novembro, a preocupação com o cenário político teve uma queda relevante, de 87% para 66%, seguido por um aumento na crise internacional (de 10% para 17%) e câmbio (de 3% para 16%). Para 44% dos entrevistados, a carga tributária é o principal fator que impende o crescimento das empresas. Inquiridos sobre qual área o Brasil precisa melhorar, educação e infraestrutura registraram 44% e 25%, respectivamente, seguidas por política (17%), segurança (9%) e saúde (7%).

 

O evento contou com patrocínio de ALBUQUERQUE & ALVARENGA, AUTOPASS, BNZ, CARREFOUR, CISA TRADING, CSN, GOCIL, GRUPO COMOLATTI, GRUPO JEREISSATI, HOSPITAL ALBERT EINSTEIN, LENOVO, NELSON WILIANS ADVOGADOS, RV ÍMOLA, TOUCH ID, UNITEDHEALTH GROUP e WALD. 3 CORAÇÕES, CDN COMUNICAÇÃO, ECCAPLAN, INFORMAR SAUDE, MAIS PURA, MISTRAL, PROGRAMASSOM, RCE DIGITAL e TRACK são fornecedores oficiais e RÁDIO JOVEM PAN, REVISTA LIDE e TV LIDE são mídia partners.

CDN Comunicação Corporativa