antropologia

Engenheiro de Obras Feitas

Jonas foi convidado a participar e se negou, alegando muitos afazeres. Foi aberta uma sessão de sugestões e ele igualmente não participou nem deu opinião alguma. Depois de tudo decidido e concluído, ele veio com críticas e sugestões, apontando erros e dizendo que faria tudo diferente.

Engenheiros ou engenheiras de obras feitas são aquelas pessoas que apresentam soluções para problemas que já foram resolvidos. Depois que a obra está pronta, a coisa feita, a decisão tomada, elas aparecem com suas críticas fora de hora, dizendo que fariam tudo diferente e melhor.

O problema é que durante a discussão, o planejamento e antes de estar tudo pronto e decidido, quase sempre essas pessoas não aparecem, não querem opinar, não querem se envolver, menos ainda se comprometer. Só depois, elas aparecem criticando e apontando defeitos.

Há engenheiros de obras prontas ou feitas em todos os lugares, empresas, clubes, associações e até igrejas.

Lembro-me de uma dessas pessoas que sempre criticava as comemorações da empresa, mas nunca se prontificava a participar do planejamento. Lembro-me também de um desses “engenheiros” que colocou defeito em quase todos os detalhes da nova filial da empresa, após estar tudo pronto e feito, obviamente sem sua participação.

Até na área comercial é muito comum engenheiros de obras feitas. Depois da venda perdida essas pessoas vêm com mil sugestões de como se deveria fazer para que a venda fosse concretizada.

Enfim, não há lugar, nem assunto em que não existam essas verdadeiras pragas que só servem para atormentar quem faz, quem age, quem aceita correr riscos para que as coisas aconteçam.

Lembro-me de um candidato que perdeu as eleições e numa reunião de avaliação várias dessas pessoas apontaram tudo o que deveria ter sido feito para que ele tivesse vencido. O problema é que essas mesmas pessoas pertenciam à coordenação da campanha do candidato derrotado.

Se você tiver em sua empresa ou organização esse tipo de engenheiros ou engenheiras de obras feitas, livre-se deles pois até no seu velório irão comentar o que você deveria ter feito para não ter morrido!

Pense nisso. Sucesso!

PENSE NISSO:

¨ Quantas pessoas você conhece que são “engenheiros ou engenheiras de obras prontas?”

¨ Procure dar a essas pessoas alguma responsabilidade no planejamento e mesmo na execução de alguma coisa e você verá que elas sempre fogem. Sempre têm coisas mais urgentes para fazer. E depois de tudo pronto, elas vêm criticar!

¨ É preciso fazer essas pessoas ligarem o seu “desconfiômetro” para que vejam o ridículo que fazem.

Pense nisso. Sucesso!