eventos
cultura
música

Maestro João Carlos Martins recebeu as cantoras Fernanda Abreu,Paula Fernandes e
Vanessa da Mata para a Live Maestro & Elas

Parte do projeto Huawei Music 4All, a live conta ainda com a atriz Adriana Lessa como Mestre de Cerimônia

Fernanda Abreu, Paula Fernandes e Vanessa da Mata foram as convidadas do maestro João Carlos Martins para a live Maestro & Elas, parte do projeto Huawei Music 4All – Brasilidades que foi transmitida diretamente do Teatro Liberdade, em São Paulo, nas redes sociais do Maestro (YouTube e Facebook) e no canal do YouTube da Huawei Brasil, com a atriz Adriana Lessa como Mestre de Cerimônia. A noite trouxe ainda uma Camerata Jovem, formada por alunos do projeto da Fundação Bachiana A Música Venceu, patrocinado pela Huawei, em uma parceria que já tem sua continuidade para o ano de 2022 confirmada.

A noite começou com a Camerata e a Ária da 4ª Corda, ou Ária da Corda Sol, de J. S. Bach, e a obra mais executada e mais conhecida de W.A. Mozart, Eine Kleine Nachtmusik (Uma Pequena Serenata Noturna), mostrando o resultado deste projeto de inclusão social e cultural que acontece também em outras comunidades da cidade de São Paulo, como as unidades de Paraisópolis, na Escola Estadual Friederich Von Voith, no bairro do Jaraguá, e nas ocupações ao redor do bairro do Bom Retiro. 

Depois de reger a Bachiana Filarmônica SESI-SP na 5ª Sinfonia de L.v. Bethoven, Martins convidou Fernanda Abreu ao palco, em versões orquestradas para sucessos da cantora: Rio 40 graus, Jorge da Capadócia, Um Amor, Um Lugar, A Dois Passos do Paraiso – da Blitz, aqui acompanhada por uma banda – e a Aquarela Brasileira, de Martinho da Vila.

A Bachiana Filarmônica SESI-SP apresentou um dos temas preferidos de Martins, Cinema Paradiso, de Ennio Morricone, preparando o clima para receber Paula Fernandes, com seus hits Pássaro de Fogo, Seio de Minas, Dust in the Wind e Juntos (Shallow).

Abrindo a terceira parte do concerto, Samba em Prelúdio, uma das canções mais conhecidas da frutífera parceria entre o violonista Baden Powell e o poeta Vinicius de Moraes, introduziu a participação de Vanessa da Mata, que trouxe suas canções Amado, Hoje Eu Sei, Boa Sorte, A Força que Nunca Seca (com banda) e Ai Ai Ai.

Fechando a noite, todos se uniram para entoar o Trem das Onze, do pai do samba feito em São Paulo, Adoniran Barbosa, e a tradicional canção de Natal, incluída na lista do Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade da Unesco, Noite Feliz.

Bibi Fonseca / Vicente Negrão Assessoria