notícias
covid-19

São Paulo, 19 de Março de 2021

Governo de São Paulo amplia vacinação incluindo idosos de 69 anos no calendário de março

Além de antecipar a vacinação dos idosos de 70 e 71 anos para o dia 27 de março, calendário inclui as pessoas com 69 anos de idade, totalizando 910 mil pessoas com vacinação garantida ainda em março

Rodrigo Garcia, vice-governador do Estado de São Paulo durante coletiva de imprensa

O Vice-Governador Rodrigo Garcia anunciou nesta sexta-feira (19) a antecipação e a ampliação da vacinação contra COVID-19: agora, idosos de 69 anos entram também no calendário de março, junto ao público de 70 e 71 anos, e com início em 27 de março, dois dias antes da previsão inicial.


"Inicialmente, a previsão era de vacinar somente idosos acima de 70 anos e só a partir do dia 29. Então, antecipamos a data e também conseguimos incluir os idosos de 69 anos, ampliando a vacinação em São Paulo para quase um milhão de pessoas", disse Garcia.


Recomenda-se que as 910 mil pessoas desse grupo etário, ou seus familiares e parentes, realizem o pré-cadastro no site "Vacina Já" (vacinaja.sp.gov.br), que economiza 90% no tempo de atendimento para imunização: leva cerca de 1 a 3 minutos para quem preencheu o formulário e, presencialmente, a coleta de informações leva cerca de 10 minutos.


Este é o segundo adiantamento do cronograma realizado pelo Plano Estadual de Imunização (PEI) de São Paulo no mês. O primeiro resultou no início, nesta sexta-feira (19), da imunização do público na faixa de 72 a 74 anos, que reúne 730 mil idosos. Com isto, já são mais de 5,1 milhões de pessoas de SP com cronograma de vacinação definido e em andamento, considerando todos os grupos anunciados até o momento.


Uma grande operação logística coordenada pela Secretaria de Estado da Saúde é responsável por garantir e otimizar a distribuição das doses por todo o território estadual, com remessas enviadas semanalmente para todas as regiões.


"Hoje, entregamos mais 2 milhões de doses da vacina do Butantan para imunização de todos os brasileiros. Com essa remessa, o Instituto Butantan e o Governo de São Paulo completam 24,6 milhões de doses para o Brasil", lembrou o Vice-Governador.


Somente em março, o Butantan já disponibilizou 11,1 milhões de vacinas em seis remessas para a imunização contra o coronavírus em todo o país. Três remessas, num total de 7,3 milhões de doses ocorreram nesta semana. O quantitativo do mês de março é superior a todo o mês de fevereiro, quando foram entregues 4,85 milhões de doses. Até o final de abril, o número de vacinas garantidas por São Paulo ao país somará 46 milhões e o Butantan pretende antecipar em 30 dias a entrega das outras 54 milhões de doses para vacinação dos brasileiros, totalizando 100 milhões de unidades até 30 de agosto.


Sobre o "Vacina já"


A ferramenta, que até o momento já recebeu 4,4 milhões de pré-cadastros, visa a agilizar o atendimento e a evitar aglomerações. Não é um agendamento e o uso não é obrigatório para receber a vacina, mas utilizá-la contribui para melhorar a dinâmica dos serviços e a rotina do próprio cidadão. O pré-cadastro pode ser feito por familiares de idosos ou de qualquer pessoa que participe dos públicos previstos na campanha.

Secretaria Especial de Comunicação

São Paulo 24 horas - Para quem vive São Paulo intensamente! - Todos os direitos reservados ®