notícias
vacinação

São Paulo, 04 de Fevereiro de 2022

Governo de SP promove grande esforço para vacinação infantil neste sábado

"Dia C de Vacinação" terá mais de 5 mil postos abertos para aplicação da primeira dose de proteção

contra o coronavírus em crianças de 5 a 11 anos

51847967626_2bd6e30fbe_c.jpg

O Governo de SP fará um grande esforço para ampliar a imunização infantil contra a Covid-19 em todo Estado, em uma ação especial a ser realizada neste sábado (5). O chamado "Dia C de Vacinação" será voltado às crianças na faixa etária de 5 a 11 anos e acontece em parceria com os 645 municípios de São Paulo, que vão abrir unidades básicas de saúde para a campanha infantil. Além disso, as pessoas com mais de 11 anos que estiverem com a segunda dose ou com a dose de reforço atrasadas também poderão aproveitar a oportunidade para colocar a vacinação em dia.

"É uma grande mobilização para a imunização das crianças. O investimento que estamos fazendo para o pagamento de horas extras de profissionais da saúde, inclusive no apoio aos 645 municípios, é de R$ 5,5 milhões para garantir que possam estar operando nos postos de vacinação", destaca o Governador João Doria.
Mais de 5 mil postos estarão abertos entre 7h e 19h, conforme a programação de cada município, para a aplicação da primeira dose em crianças. A iniciativa é uma oportunidade para que pais e responsáveis que trabalham ou têm compromissos durante a semana levem os filhos aos postos de vacinação.

Dados do Vacinômetro do Governo de SP indicam que até o momento 1,6 milhão de crianças de 5 a 11 anos já receberam o imunizante. O número corresponde a 40% deste público. O Governo de SP quer conscientizar as famílias sobre a importância da vacinação dos filhos e a meta é chegar a 100% de imunização dessa faixa etária nas próximas semanas. A vacina deverá reduzir a demanda por leitos pediátricos na rede de saúde em todo estado.

Para auxiliar os municípios na realização do Dia C, a Secretaria de Estado da Saúde vai disponibilizar R$ 5,5 milhões em etapas para pagamento de diárias aos profissionais de saúde dos municípios para abertura das unidades com equipes completas para a vacinação da população.

"Será uma grande ação envolvendo todos os municípios do estado para ampliarmos a cobertura vacinal das nossas crianças. É fundamental que os pais e responsáveis compareçam com seus filhos aos postos de vacinação e se protejam contra o coronavírus", explica a Coordenadora do PEI (Plano Estadual de Imunização), Regiane de Paula.

A vacinação infantil começou em São Paulo no dia 14 de janeiro, com as crianças com comorbidades. No dia 20, com a aprovação da Coronavac pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), São Paulo ampliou a vacinação e começou a imunizar as crianças por faixa etária. No total, a pasta estadual já disponibilizou 4 milhões de doses da Coronavac e 900 mil doses pediátricas da Pfizer. Todos os municípios têm vacinas suficientes para imunizar todas as crianças de 5 a 11 anos com a primeira dose.

As crianças de 5 anos e as imunossuprimidas de 5 a 11 anos só podem receber o imunizante da Pfizer, enquanto as demais podem ser protegidas pela Coronavac. Todas as vacinas aprovadas pela Anvisa são seguras e eficazes.

Pré-cadastro

As informações sobre a imunização infantil em São Paulo estão disponíveis no vacinômetro infantil e podem ser conferidas no site Vacina Já (www.vacinaja.sp.gov.br ) e no portal do Governo de São Paulo (www.saopaulo.sp.gov.br).

Pela internet, também é possível fazer o pré-cadastro para a vacinação de crianças e adolescentes. Ele é opcional e não é um agendamento, mas agiliza o atendimento nos postos, evitando filas e aglomerações. Para cadastrar os filhos, os pais ou responsáveis devem acessar o site, clicar no botão "Crianças até 11 anos" e preencher o formulário online

Secretaria Especial de Comunicação